no ar desde 1998

 

Cuidados no Pós-parto e principais dicas para cuidar de uma ninhada - Parte 1

 


Ter uma ninhada em casa é uma atitude que requer responsabilidade, tempo de dedicação e recursos para manter a saúde da mãe e de seus filhotes. É um processo trabalhoso e que requer grande disposição por parte do proprietário da fêmea.

A saúde de uma ninhada começa com os cuidados que o proprietário deve ter com a cadela. É ela quem vai garantir a vida dos filhotes nos primeiros dias de vida e alimentá-los até que se proceda o desmame, em geral, a partir da 6ª semana de vida.

A vermifugação no momento do acasalamento é uma boa recomendação para garantir uma gravidez saudável. Após a confirmação da gravidez, com aproximadamente 30 dias, é recomendável oferecer uma alimentação especial para a cadela gestante. Nesta fase final da prenhez, costuma-se oferecer ração de filhote para a fêmea, garantindo altos níveis de cálcio e proteína.

Vermifugações DURANTE o período da gravidez são contra-indicadas.São possíveis a partir do 45° dia de gestação.

Caso sua cadela seja ´peluda´ convém que ela tenha sido tosada antes do parto, evitando problemas com a amamentação e prevenindo acidentes, como filhotes que sufocam embaraçados no pelo da mãe.

Pós-Parto

A cadela deve receber acompanhamento veterinário durante a gestação e, principalmente, no pós-parto. É sempre importante consultar seu veterinário de confiança para que ele faça uma visita à mãe e aos filhotes para verificar o estado geral da cadela, certificar-se se todos os filhotes realmente nasceram e se não há alterações na ninhada.

Nas primeiras horas de vida, o filhote ingere e é capaz de absorver o colostro, um leite rico em anticorpos que são transferidos da mãe para a cria. É importante que os filhotes sejam amamentados pela mãe nas primeiras horas de vida.

Existem casos em que nem todas as placentas foram expelidas com os filhotes e elas podem gerar uma infecção no útero, ou uma Piometra, deve-se estar atento ao trabalho de parto e se necessário procurara um veterinário. Num cão saudável as placentas e demais resto uterinos são eliminados em 15 ou 20 dias, na forma de corrimento sanguinolento, estando a fêmea e filhotes em boas condições. No caso de mães doentes os filhotes não se desenvolvem e a fêmea não se alimenta bem.

Minha labrador deu cria a 8 filhotes. Não consegui impedir que ela comesse as placentas e agora, 2 dias depois, ela ainda não comeu a ração. É normal ou eu forçá-la a comer?
A placenta é rica em proteínas e hormônios. As cadelas, em geral, por instinto, comem a placenta que sai no nascimento dos filhotes, não apenas como fonte de energia mas também como forma de evitar deixar ´rastros´ para possíveis predadores. Os hormônios contidos na placenta facilitam as próximas dilatações do colo e contrações do útero e ajudam a liberar o leite materno. É muito comum que após ingerir tanta proteína sua cadela não queira comer... O ideal é deixar a ração à vontade e observar a possível diarréia que normalmente acomete as fêmeas que comem muitas placentas. Caso após 3 dias ela continue inapetente, vc pode tentar oferecer a ração misturada com carne de frango e/ou papinhas para recém-nascidos. Se a fêmea não comer pode estar com alguma infecção melhor consultar o veterinário.

Após o nascimento dos filhotes, quanto tempo devo esperar para cortar os rabinhos?
O ideal é até o 5° dia, se o cão for de raça de grande porte, o quanto antes cortá-los menos dolorido o será. A cauda poderá ser cortada até o 4º mês de idade, mas sob técnicas mais sofisticadas de sutura, e sob risco de ter um tempo de cicatrização mais longo.

Minha cadela deu cria esta noite, mas acho que ela não tem leite suficiente. Como saber isso com certeza?
Ainda é muito cedo para saber se sua cadela tem leite suficiente ou não. Nas primeiras horas do pós-parto o que os filhotes recebem da mãe é o colostro, que tem rico em anticorpos que são transferidos da mãe para a cria
Você deve prestar atenção ao comportamento da cadela após um prazo um pouco maior. Desconfie da falta de leite materno apenas se os filhotes chorarem com freqüência. Nesse caso, a amamentação com leite substituto deve ser indicada pelo seu veterinário.

Desde o dia do parto – há 4 dias – minha cadela não tem bebido água. Tenho algumas vezes incentivado através da seringa, mas ela sozinha não esta bebendo, e tem somente comido canja (ração e bolachinhas que ela tanto gostava não quer mais). O que fazer?
Algumas cadelas super protetoras não saem de perto da ninhada, pode-se experimentar colocar a vasilha de água junto dela, e novamente consultar o veterinário pois pode haver presença de infecção.

Após o parto minha cadela está com um cheiro muito forte. Posso dar banho nela?
Pode-se fazer meio banho, lavando apenas a parte posterior da fêmea, e secando bem com secador, evitando a umidade aos filhotes Prefira não dar banho na sua cadela até os filhotes terem pelos menos 10 dias. Utilize lenços umedecidos para bebês.

Tenho 4 pastores, 2 machos e 2 fêmeas, a mais nova parece estar grávida se chama Krystal (1 e 10 meses), a outra é castrada, depois de uma ninhada, se chama Meg (4 anos), são mãe e filha. Pode haver problemas na hora do parto, por ciúmes?
Devo isolar a Krystal para ficar mais tranqüila, perto do parto (à noite) ou a duas podem ficar juntas?
Como proceder depois do parto da Krystal em relação a Meg ? Devo deixar ela entrar no canil e ficar perto dos filhotes? Depende do temperamento das duas. Durante o parto é conveniente separá-las, após alguns dias, se a Kristal permitir deixar a Meg entrar, se a mãe ficar nervosa melhor separá-las, até o depois do desmame

Minha cadela deu cria e rejeitou um dos filhotes. O que devo fazer?
Muitas vezes esses indivíduos tem alguma limitação à vida, por seleção natural, a mãe separa os mais fracos, há opção de separá-lo para que ela se tranqüilize, e criá-lo na mamadeira, entretanto nada pode prever se ele será viável.

Minha cadela comeu todos os filhotes. Qual a explicação para este comportamento? Ela sempre vai fazer isso?
Pode ser estresse, ou agressividade, deve-se ter um histórico da convivência desta fêmea com outros cães, e do ambiente no qual ela pariu estes filhotes. Nos casos de abortos ou prematuros, ela os comerá também.

Amamentação

O período de amamentação é fundamental para o bom desenvolvimento dos filhotes. Neste período a cadela deve ser poupada de esforços e continuar recebendo alimentação especial.

Os filhotes começam a mamar logo após o nascimento e através da amamentação adquirem os anticorpos passados pelo leite materno. Cadelas não vacinadas fornecerão bem menos anticorpos do que aquelas que tem a vacinação em dia.

A cadela irá lamber os genitais e ânus dos filhotes o que os estimulará a defecar e urinar. A mãe irá comer os dejetos dos filhotes para manter sempre limpo seu ninho.

Durante o período em que a cadela está amamentando seus filhotes, você pode notar o aparecimento de mamas inchadas na cadela. Você notará a inflamação das mamas visualmente: se estiverem afetadas e vermelhas leve a cadela ao veterinário. Essa inflamação é prejudicial à mãe e poderá até ser fatal aos filhotes.

Tenho uma poodle de 2 anos que deu cria há 4 dias. Percebi que quando ela esta amamentando ela fica com a respiração ofegante, isso é normal???
Sim... é totalmente normal. Cães pequenos requerem maior cuidado na amamentação, pois podem ser acometidos por uma falta de cálcio grave chamada eclampsia, nesse caso elas podem tremer, ficar ofegantes, rígidas, com alta temperatura. Deve-se fazer o acompanhamento com veterinário no pré parto, fornecendo dieta de boa qualidade, e observar qunto ao desconforto durante a lactação.

Minha cadela de labrador deu cria a nove filhotes, sei q ela não tem tantas tetas, como vou saber se todos estão comendo? Devo alimentá-los separadamente com uma seringa?
As cadelas possuem em média 8 mamas. Neste caso, você prestar atenção ao desenvolvimento dos filhotes e organizar o turno das mamadas. O ideal é que você garanta a vez dois dos menores, que são mais fracos e depois os demais. Se a cadela não estiver com leite suficiente, o que você percebe pelo choro de fome dos filhotes, ajude nas alimentação deles. Para os filhotes de raça pequena, use uma mamadeira de boneca ou um conta-gotas e, para os de raça grande, mamadeira de bebê. Existem leites próprios para cães vendidos em pet shops. Mas é importantíssimo que você mantenha as mamadas na cadela para que ela transmita os anticorpos necessários para os filhotes.

Minha cadela deu cria a 4 filhotes um nasceu morto, acontece que eu tenho alimentado ela com ração da Dog Chow adulto raça pequena e ração filhote alem de incluir leite, beterraba e cenoura junto, ela tem pouca quantidade de leite, pois os filhotes mamam toda hora, isso eh normal?
A primeira providência é adaptar a alimentação da mãe, oferecendo uma ração de filhote e da melhor qualidade.

Gostaria de saber se posso complementar a alimentação dos filhotes, pelo menos durante o dia com leite de vaca?
Idealmente as cadelas são capazes de fornecer tudo o que seus filhotes precisam. Em casos especiais, e sob orientação de um veterinário, é possível utilizar o próprio leite de cadela em pó, comercializado em pet shops  ou leite de cabra, mais parecido com o leite de cadela do que o leite de vaca. Se a opção for o de vaca enriquecê-lo com açúcar e gema de ovo, ou creme de leite. Há ainda a opção do leite em pó que é mais doce que o leite in natura.

Minha cachorra uma poodle deu cria (um casal) e um deles não consegue segurar a teta muito menos sugar, o que devo fazer?
Procure seu veterinário de confiança para ele fazer uma avaliação do seus filhotes.

Desenvolvimento dos filhotes

Os filhotes de cães nascem com os olhos fechados e com a entrada dos ouvidos protegida. São completamente dependentes do faro para sobreviver.

  • É esperado que os filhotes comecem a abrir os olhos com 10 a 15 dias, quando começa a se desenvolver o contato visual do filhote com o mundo exterior.

  • Os ouvidos começam a abrir com 15 dias.

  • Nos primeiros dias de vida, os filhotes apenas se ´arrastam´ para junto da mãe. O desenvolvimento motor é rápido e os filhotes começam a engatinha e a tentar se firmar nas 4 patas com 20 dias.

Tivemos uma ninhada de 3 filhotes. Um sadio e dois que com 36 dias de vida ainda não andam, só rastejam nas patas traseiras. Segundo diagnóstico veterinário os filhotes estão com luxção coxo-femoral congênita. O que fazer?
Procure seu veterinário de confiança para ele fazer uma avaliação do seus filhotes.As vezes os cães foram muito manipulados no parto e apresentam alguma lesão de membros posteriores, ás vezes apenas estão obesos, e criados em piso ou superfície muito lisa, o que dificulta a movimentação.

Leia mais Desmame, Vacinas e o Novo Lar

Colaboração da Médica Veterinária,
Dra. Adriana G Varella
Clínica Morada dos Animais

   

Veja também:

- Vacinação
- Como examinar seu cão no dia a dia?
- Emergência Veterinária

Em casos de emergência NÃO DEPENDA DA INTERNET. Tenha sempre o telefone do seu veterinário de confiança ou consulte a lista de serviços veterinários e hospitais 24 horas.

Fale com a Gente

 
  Compartilhe
o Dogtimes
 

 

 


Voltar ao topo da página


  © COPYRIGHT M&M Arte Soluções Web  LTDA 1997-2014
Este site, suas fotos e textos, tem seus direitos autorais protegidos por lei.
É proibida sua reprodução parcial ou total sem autorização expressa e por escrito.