no ar desde 1998

 

Demarcação de território


 

Uma das reclamações mais comuns que recebemos aqui no The Dog’s Times é dos donos de filhotes machos que se vêem surpreendidos com a mudança de atitudes de seus cães quando “de uma hora para a outra” eles deixam de fazer xixi no lugar certo e passam a fazer xixi pela casa toda. Na maioria das vezes os donos relatam que o filhote aparentemente “desaprendeu” a fazer xixi no lugar certo. E tal mudança costuma ser atribuída a uma simples rebeldia do filhote.

Na verdade esta mudança tem muito mais ligações com os ancestrais selvagens deste filhote do que com uma atitude rebelde. E para entendermos melhor tudo isso temos que explicar um pouco sobre a vida selvagem dos lobos.

Nas florestas habitadas por lobos, havia centenas de matilhas. Porém cada uma tinha seu próprio território, que devia ser respeitado pelos membros das demais matilhas.  A forma que as matilhas tinham para delimitar seu próprio território era através de uma secreção eliminada pelo macho alfa (o líder).  Esta secreção também é eliminada pelo pênis, mas nem sempre é acompanhada por xixi. 

Ao espalhar esta secreção ao redor de seu território, o macho construía uma espécie de cerca invisível, definida pelo cheiro. Todo cão que invadisse esta “fronteira” seria considerado um intruso, e seria atacado pela matilha.

Apesar dos cães terem sido domesticados há muitos séculos, alguns comportamentos de sua vida selvagem se mantiveram e a demarcação de território é um deles.  Nem todo cão macho tem este comportamento quando adulto, só os dominantes, ou ainda, os destinados a serem líderes de matilha. Em casas onde há mais de um macho é comum que eles disputem a liderança da matilha onde cada cão deixa a sua secreção em cima da do “adversário”.  E isso se torna uma disputa sem fim.

O momento em que esta mudança ocorre é quando o cão deixa de agir como um filhote e passa a fazer xixi como um cão adulto. Existe todo um pacote de mudanças e fazer xixi de perna levantada é um deles.  E seguindo o instinto de demarcar seu território, ele começa a fazer xixi em volta da casa toda. Porém, esta secreção é eliminada em poucos pingos, e costuma ter um cheiro muito forte.  Muito mais forte do que o cheiro do xixi do macho. Alguns cães mais mandões costumam inclusive demarcar coisas de seus donos tais como móveis, o carro, o próprio dono, portas, etc. Você percebe isso se encontrar alguns pingos perto destes locais.

Como lidar

Como expliquei acima este é um comportamento instintivo e ancestral, portanto não perca seu tempo brigando com seu cão! Ele não o faz porque quer!  É o instinto dele que manda e não uma ação voluntária dele “só pra te contrariar ou te enfrentar”. Também não adianta achar que com o tempo isso vai passar, porque não vai passar! 

EU sei que você deve estar pensando “qual é a necessidade do meu cão demarcar o meu apartamento, se nenhum outro cão macho vai invadi-lo?”. Mas, não adianta tentar lidar com o problema de forma racional, pois ele não é racional. É determinado pelos instintos dele. Seu cão não come porque sabe que é o melhor para ele crescer forte e saudável! Ele come porque seu instinto de sobrevivência manda. Da mesma forma é a demarcação de território.

A única solução para este problema é cessar a produção do hormônio masculino, ou seja: castrando o macho. Também aqui, deve-se encarar o problema de frente, livrando-se dos falsos mitos e preconceitos. Donos homens não gostam nem mesmo de falar a palavra castração, e muitas vezes acabam optando pela vasectomia do cão como uma solução paliativa. Na verdade a vasectomia não adianta NADA, pois a produção do hormônio continua.

Como eu costumo brincar, é preciso lembrar que o cão não tem a consciência de um ser humano, portanto o seu cão castrado não será menos feliz do que inteiro, muito pelo contrário, pois não vai ter a família inteira brigando com ele por algo que ele não tem controle algum.  Também é bom lembrar que ele NÃO vai ficar mal perto de uma fêmea no cio, pensando que se fosse inteiro ele poderia cruzar com ela.  Ele não é um humano em formato canino!  É um cachorro!  Ele não tem este tipo de consciência! 

Milhares de cachorros castrados são muito felizes. E seus donos mais felizes ainda por não terem suas casas, móveis e objetos “batizados” por seus cães.

Boa sorte!

Maíce Costa Carvalho, adestradora
maice@dogtimes.com.br

 

   

Veja como praticar sua liderança e ensinar ao seu cão o que você quer dele, lendo as matérias sobre adestramento:

- senta
- deita
- vem ou aqui
- não pula
- não morder
- andando junto

Leia também: Manual do Filhote - tudo o que você precisa saber para educar bem o seu filhote.

Fale com a Gente

 
  Compartilhe
o Dogtimes
 

 

 


Voltar ao topo da página


  © COPYRIGHT M&M Arte Soluções Web  LTDA 1997-2014
Este site, suas fotos e textos, tem seus direitos autorais protegidos por lei.
É proibida sua reprodução parcial ou total sem autorização expressa e por escrito.